Por: M. Angélica Reis e Maurício G. C. Emerenciano.

Publicado em 24/04/2020

 

 

 

A Associação Brasileira da Piscicultura lançou recentemente o seu compilado anual de dados produtivos da produção de peixes no Brasil. No documento são apresentados números bem positivos apesar do cenário econômico atual. Os dados são relativos à produção do ano de 2019, e mostra que a piscicultura segue em ritmo de crescimento com mais de 758 mil toneladas produzidas. Esse resultado representa um crescimento de 4,9% em relação ao ano anterior, impulsionado principalmente pela tilapicultura, além de um aumento na produção de carpas, trutas e peixe panga.

 

 

 

 

Em relação ao cultivo de tilápias, o Brasil segue sendo o 4º maior produtor mundial da espécie, que por aqui representa 57% de toda a produção de peixes. Esse setor é liderado pelo estado do Paraná (33,8% do total produzido, com crescimento incrível de 18,7% em relação a 2018), seguido por São Paulo, Santa Catarina e, pela primeira vez na lista do “top 5”, o estado de Pernambuco aparece com a produção de 25 mil toneladas. A produção dos peixes nativos, que nos últimos anos despontava com grande crescimento, enfrentou em 2019 alguns problemas de ordem sanitária, mercadológica e de comercialização, apresentando praticamente a mesma quantidade produzida em 2018 (cerca de 288 mil toneladas em 2019). O maior estado produtor é Rondônia, seguido por Mato Grosso, Maranhão, Pará e Amazonas.

 

 

 

No segmento das outras espécies, o peixe panga, as carpas e as trutas apresentaram um crescimento muito expressivo, de 8,72% em relação ao ano anterior. Vale salientar que boa parte do crescimento se dá pela introdução com sucesso do peixe panga (Pangassius pangassius), principalmente na região nordeste e sudeste. Já na região sul a produção de carpas continua importante, apesar da vanguarda das tilápias. De maneira geral, o setor se encontra otimista e demonstra cada vez mais a capacidade de contornar os empecilhos e superar os gargalos da atividade. Para ter acesso às informações completas sobre as espécies, dados econômicos e a produção nos estados, acesse o documento na íntegra no link abaixo:

 

https://www.peixebr.com.br/anuario-2020/

 

 

 

 

 

+55 (48) 9 9193-1313

|

contato@konablue.com.br